BCE reduz perspectiva de inflação e vê crescimento menor na zona do euro

quinta-feira, 10 de março de 2016 11:16 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - O Banco Central Europeu (BCE) cortou suas projeções de inflação nesta quinta-feira e estimou que a alta dos preços continuará abaixo da sua meta até mesmo em 2018, enquanto luta contra a influência dos preços baixos da energia nos preços de outros bens e serviços.

O BCE cortou sua projeção de inflação de 2016 para 0,1 por cento de 1 por cento, e diminuiu sua estimativa para 2017 a 1,3 por cento, ante 1,6 por cento, disse o presidente do banco, Mario Draghi.

O banco fez ajustes mais modestos às projeções de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), após a economia da zona do euro superar ligeiramente as expectativas no ano passado e dados recentes indicarem que o consumo está se mantendo bem.

A previsão é que a região cresça 1,4 por cento este ano, ante previsão anterior de 1,7 por cento, e que em 2017 o crescimento seja de 1,7 por cento, ante 1,9 por cento.

(Reportagem por Balazs Koranyi)