Temores de efeitos de segunda ordem da inflação levaram a ação do BCE, diz Draghi

quinta-feira, 10 de março de 2016 11:27 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - O Banco Central Europeu (BCE) cortou suas taxas de juros e aumentou seu programa de compra de ativos com o intuito de evitar que a inflação excepcionalmente baixa contamine a economia em geral, disse o presidente do banco, Mario Draghi, nesta quinta-feira.

"É essencial evitar efeitos de segunda ordem", disse ele em entrevista à imprensa, referindo-se à queda dos preços alcançarem outros produtos que não os referenciais como o petróleo.

O BCE disse agora esperar que a inflação da zona do euro fique em 0,1 por cento em 2016, bem abaixo da previsão anterior de 1 por cento.

(Reportagem por Balazs Koranyi)