Lojas Americanas tem queda de 31% no lucro do 4º tri com maior despesa financeira

sexta-feira, 11 de março de 2016 08:18 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A varejista Lojas Americanas encerrou o quarto trimestre com lucro líquido de 204,2 milhões de reais, queda de 31,1 por cento frente o mesmo período do ano anterior, impactada pelo aumento de sua despesa financeira.

O resultado financeiro líquido da companhia ficou negativo em 505,3 milhões de reais, aumento de 54,8 por cento ante as perdas de 326,4 milhões de reais registradas no período de outubro a dezembro do ano anterior.

A piora do resultado financeiro está relacionada principalmente ao aumento da taxa de Certificado de Depósito Interbancário (CDI), segundo a varejista.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado da Lojas Americanas somou 1,016 bilhão de reais no quarto trimestre, avanço de 14,4 por cento na base de comparação anual.

A receita líquida de vendas e serviços ficou em 5,816 bilhões de reais de outubro a dezembro, avanço de 6,3 por cento.

No conceito "mesmas lojas", a receita líquida cresceu 8,6 por cento no quarto trimestre.

A companhia investiu 677,3 milhões de reais em 2015, com ênfase em expansão, reforma da rede de lojas e atualização tecnológica. Foram inauguradas 92 novas lojas, alcançando 1.041 lojas em 399 municípios.

"O novo plano de expansão prevê a abertura de dois novos centros de distribuição e 800 novas lojas no Brasil entre 2015 e 2019", afirmou a empresa no balanço.

O Conselho de Administração da companhia aprovou o pagamento antecipado de dividendos no montante de 21,5 milhões de reais, ou 0,018292395 real por ação ordinária ou preferencial, a partir de 28 de março.

(Por Priscila Jordão)