Índice europeu de ações se recupera e fecha em alta, puxado por setor bancário

sexta-feira, 11 de março de 2016 15:13 BRT
 

Por Atul Prakash

LONDRES (Reuters) - O principal índice europeu de ações fechou em alta nesta sexta-feira, com os novos estímulos do Banco Central Europeu (BCE) dando suporte a bancos em países da periferia da zona do euro e com a recuperação dos preços de metais e do petróleo impulsionando papéis relacionados a commodities.

O índice FTSEurofirst 300 .FTEU3 fechou em alta de 2,72 por cento, aos 1.347 pontos, após cair 1,8 por cento na véspera.

O setor bancário subiu 4,9 por cento e marcou o melhor desempenho setorial nesta sexta-feira. Na quinta-feira, o índice teve uma sessão volátil após o BCE cortar suas taxas de juros e informar que começará a comprar títulos corporativos e até mesmo a pagar bancos que emprestem para empresas, em uma tentativa de impulsionar o crescimento.

As ações dos espanhóis Banco Popular (POP.MC: Cotações) e Bankia BKIA.MC, e dos italianos UniCredit (CRDI.MI: Cotações) e Intesa Sanpaolo (ISP.MI: Cotações) subiram entre 7,5 por cento e 12,8 por cento.

Ações ligadas a commodities avançaram, puxadas pela alta dos preços de metais e do petróleo. O índice de petróleo e gás avançou 2,6 por cento, enquanto os preços do petróleo subiam mais de 2 por cento.

O setor de mineração ganhou 2,7 por cento em meio ao avanço nos preços de grandes metais industriais. Ações de Glencore (GLEN.L: Cotações), Anglo American (AAL.L: Cotações) e Rio Tinto (RIO.L: Cotações) subiram mais de 2 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times .FTSE avançou 1,71 por cento, a 6.139 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 3,51 por cento, a 9.831 pontos.   Continuação...