BC não considera reduzir estoques de swaps cambiais, diz importante fonte da equipe econômica

sexta-feira, 11 de março de 2016 15:51 BRT
 

Por Patrícia Duarte e Alonso Soto

BRASÍLIA (Reuters) - O Banco Central não está considerando reduzir os estoques de swaps cambiais, afirmou à Reuters nesta sexta-feira uma importante fonte da equipe econômica, acrescentando que o momento é de turbulência nos mercados.

"Não estamos pensando (em reduzir os estoques) neste momento", afirmou a fonte, que falou sob condição de anonimato. "Os swaps cambiais são um instrumento para prover estabilidade financeira de modo geral", acrescentou.

"Estamos rolando as posições... Ouvimos o mercado", afirmou a fonte.

Atualmente, o estoque de swaps cambiais, que equivalem à venda futura de dólar, corresponde a cerca de 110 bilhões de dólares. O BC tem rolado integralmente os swaps nos últimos sete vencimentos, que ocorrem mensalmente.

O dólar vem recuando fortemente ante o real nas últimas semanas, conforme as investigações de corrupção da operação Lava Jato se aproximam do governo da presidente Dilma Rousseff. A divisa norte-americana acumulou queda de 9,04 por cento ante a moeda brasileira neste mês até o dia 10, caindo em sete das últimas oito sessões.

Durante os negócios no mercado de câmbio na sexta-feira da semana passada, quando o dólar apresentava forte queda após o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ter sido alvo da Lava Jato, o BC vendeu apenas parcialmente os swaps cambiais ofertados no leilão diário para rolagem dos contratos que vencem em abril, algo que não acontecia há meses.

Naquele dia, o dólar diminuiu as perdas e terminou a sessão longe das mínimas, diante de especulações de que o BC poderia reduzir a rolagem de swaps após repor integralmente os sete vencimentos anteriores.

Nesta semana, o BC não reduziu a oferta de swaps nos leilões de rolagem e voltou a vender os lotes integrais.

(Reportagem adicional de Daniel Flynn)

 
14/11/2014. REUTERS/Gary Cameron