Vendas cambiais do BC chinês mostram menos saída de capital do país

segunda-feira, 14 de março de 2016 10:28 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - As vendas cambiais líquidas do banco central chinês caíram com força para 227,9 bilhões de iuanes (35,1 bilhões de dólares) em fevereiro em relação aos 644,5 bilhões de iuanes em janeiro, sinalizando menos intervenções do banco para apoiar o iuan à medida que diminuem as saídas de capital do país.

O fluxo para fora do país pode diminuir conforme o iuan se estabiliza, em parte devido à ampla desvalorização do dólar, mas analistas acreditam que o banco central tem um trabalho duro para manter o iuan estável, especialmente enquanto a economia encara persistente pressão de baixa.

As vendas cambiais líquidas de fevereiro, segundo cálculos da Reuters baseados nos dados do banco central publicados nesta segunda-feira, recuaram mais ainda da máxima recorde de 708,2 bilhões de iuanes de dezembro.

As reservas internacionais da China, as maiores do mundo, caíram 28,57 bilhões de dólares em fevereiro, menos do que em janeiro em meio a sinais de abrandamento das saídas de capital, mostraram dados do banco central da semana passada.

(Reportagem por Kevin Yao)