Abiove eleva previsão de safra de soja do Brasil a 99,7 mi t; exportação a 55,3 mi t

terça-feira, 15 de março de 2016 16:01 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A produção de soja do Brasil em 2016 (ano safra 2015/16) atingirá um recorde de 99,7 milhões de toneladas, previu nesta terça-feira a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), que elevou sua previsão em momento em que a colheita está avançada nos principais produtores como Mato Grosso e Paraná.

Na última previsão divulgada pela Abiove, que representa as principais tradings com atuação no país, a projeção era de 98,5 milhões de toneladas.

Pela nova estimativa, a produção do Brasil, segundo produtor global atrás dos Estados Unidos, cresceria quase 3 por cento ante 2015, um dado que colaborou para pressionar os contratos futuros da soja na bolsa de Chicago.

A colheita de soja no Paraná, segundo maior Estado produtor no país, avançou para 74 por cento da área plantada, ante 65 por cento na semana passada, informou nesta terça-feira o Departamento de Economia Rural (Deral), ligado ao governo estadual. Até o final da semana passada, a líder Mato Grosso havia realizado a colheita em 66 por cento da área, com produtividade em níveis elevados.

EXPORTAÇÕES

As exportações de soja do Brasil país este ano deverão subir para 55,3 milhões de toneladas, ante 54,5 milhões na projeção prévia, divulgada em fevereiro, superando a marca histórica verificada no ano passado, de 54,3 milhões de toneladas, afirmou a Abiove.

Já o processamento de soja no país foi previsto em 40,7 milhões de toneladas, estável ante fevereiro e com leve crescimento ante 2015, quando somou 40,55 milhões.

A produção de farelo de soja foi projetada em 30,9 milhões de toneladas, enquanto as exportações do farelo deverão se situar em 15,2 milhões. Já a produção de óleo foi prevista em pouco mais de 8 milhões de toneladas, praticamente estável ante o ano passado.

(Por Gustavo Bonato e Roberto Samora)