Setor de saúde pressiona Wall St antes do Fed

terça-feira, 15 de março de 2016 19:21 BRT
 

Por Laila Kearney

(Reuters) - Os setores de saúde e de matérias-primas pressionaram Wall Street nesta terça-feira, na segunda sessão seguida de movimentos contidos, com investidores aguardando a reunião de política monetária do Federal Reserve.

O índice Dow Jones .DJI subiu 0,13 por cento, a 17.251 pontos, enquanto o S&P 500 .SPX perdeu 0,18 por cento, a 2.015 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq .IXIC recuou 0,45 por cento, a 4.728 pontos.

Apesar de o mercado não esperar que o Fed suba os juros na reunião que termina quarta-feira, investidores vão acompanhar de perto os comentários da chair do Fed, Janet Yellen, à espera de pistas indicando o caminho de futuras altas de juros.

"Estamos no piloto automático até termos realmente os resultados da reunião do Fed amanhã à tarde", disse o estrategista-chefe da Wunderlich Securities, Art Hogan. "Não é incomum ficar no modo de espera quando se caminha para um grande anúncio."

Antes do resultado da reunião do Fed, ações menores caíram mais do que ações maiores, com investidores buscando reduzir riscos, disse o diretor-geral da Beam Capital Management LLC, Mohannad Aama.

As vendas do varejo nos EUA caíram menos que o esperado em fevereiro, mas uma forte revisão para baixo nos números de janeiro pode reacender as preocupações sobre as perspectivas para o crescimento da economia norte-americana.

O setor de saúde teve o pior desempenho na sessão, caindo 1,6 por cento. As ações do setor de matérias-primas .SPLRCM recuaram 0,91 por cento.