Ser Educacional espera estabilidade ou leve alta em captação de alunos 1º semestre

sexta-feira, 18 de março de 2016 10:04 BRT
 

Por Juliana Schincariol

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Ser Educacional vê uma captação de alunos estável ou com leve crescimento no primeiro semestre, além de retomada das margens operacionais, com regularização dos créditos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Até 16 de março, a companhia captou 34,7 mil novos alunos de graduação de ensino presencial, um aumento de 4,1 por centro comparado aos 33,4 mil alunos no mesmo período de 2015 - excluindo evasão de 8,3 mil alunos que não tiveram acesso ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) naquele período do ano passado.

"Apesar das incertezas políticas e econômicas, a gente acredita que está tendo uma captação razoável... Tivemos uma série de mudanças em termos de operação, em termos de controle de custos que deve permitir retomar crescimento das margens operacionais como a gente sempre teve no passado", disse à Reuters o presidente do grupo, Jânyo Diniz.

O processo de captação ainda deve se estender por algumas semanas acrescentou.

Entre as vagas ofertadas para o Fundo de Financiamento Educacional (Fies) para o primeiro semestre, a Ser Educacional poderá oferecer 19.113 novas vagas, 7,64 por cento do total.

O diretor de relações com investidores da empresa, Rodrigo Alves disse que o preenchimento da vagas está dentro do esperado.

"No segundo semestre, quando as regras eram bem parecidas, a gente fez 62 por cento das vagas que tinham nos alocado (no Fies). Este ano a gente está em 46 por cento, já fizemos 8.700 vagas", disse. Deste total, 7.200 são calouros e o restante, veteranos.

Diniz afirmou que o processo de inscrição no Fies é demorado e ainda não foi encerrado, e que ainda não tem previsão sobre quantas vagas serão preenchidas.   Continuação...