China começará a vender algodão estatal em meados de abril, diz autoridade

segunda-feira, 21 de março de 2016 16:01 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - O governo chinês pode começar a vender suas inchadas reservas estatais de algodão a partir de meados de abril, com prioridade para a oferta da fibra de boa qualidade, incluindo o produto importado, disse uma autoridade do governo.

O chefe da divisão da Comissão Nacional de Reforma e Desenvolvimento, Yin Jian, disse em uma conferência do setor na sexta-feira que as vendas seriam mantidas regularmente.

Ele não deu detalhes sobre o volume ou preços.

O governo está sob pressão para vender seu estoque envelhecido, que se degrada ao longo do tempo e está acumulando custos de armazenamento. Pequim detém cerca de 11 milhões de toneladas, ou cerca de metade dos estoques globais, em reservas estatais após um programa de acumulação de três anos.

Participantes do mercado internacional estão observando cuidadosamente, com a possibilidade de as vendas estatais da China reduzirem a demanda por importações do maior produtor de têxteis do mundo.

(Por Niu Shuping)