Shell e CNOOC tomam decisão final de expandir fábrica petroquímica na China

terça-feira, 22 de março de 2016 10:48 BRT
 

(Reuters) - A Royal Dutch Shell e a chinesa CNOOC afirmaram que tomaram a decisão final de dobrar a capacidade de sua planta produtora de etileno na província chinesa de Guangdong.

A decisão se segue a um anúncio em dezembro de que as empresas haviam chegado a um acordo não vinculante para expandir a unidade.

As companhias disseram nesta terça-feira que a fábrica produzirá anualmente 150 mil toneladas de óxido de etileno, 480 mil toneladas de etilenoglicol e 600 mil toneladas de polióis de alta qualidade.

(Por Mamidipudi Soumithri)