S&P 500 e Dow Jones caem após ataques em Bruxelas, mas reduzem perdas

terça-feira, 22 de março de 2016 18:32 BRT
 

(Reuters) - O S&P 500 e o Dow Jones fecharam em leve queda nesta terça-feira, mas mostraram recuperação em relação à baixa inicial após os ataques em Bruxelas, conforme as quedas em ações de consumo e telecomunicações foram compensadas por um salto nos papéis do setor de saúde.

O Dow Jones caiu 0,23 por cento, a 17.582 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,09 por cento, a 2.049 pontos. O Nasdaq avançou 0,27 por cento, a 4.821 pontos.

O Estado Islâmico assumiu a autoria dos bombardeios no aeroporto de Bruxelas e no metrô, que mataram pelo menos 30 pessoas e dispararam alertas de segurança pela Europa.

Os mercados globais recuaram antes de uma leve recuperação, enquanto os tradicionais investimentos seguros como ouro e títulos públicos se firmaram conforme os eventos na capital da União Europeia se desdobravam.

"Quando você tem um incidente como este, de repente tem uma alta na incerteza porque as pessoas não sabem qual a escala disso", disse o estrategista-chefe do JP Morgan Funds, David Kelly. "Conforme a incerteza diminui, as ações sobem".

Entre os 10 principais índices setoriais do S&P 500, três subiram, com o de saúde liderando os ganhos com a alta de 0,9 por cento.

Ações de empresas aéreas e relacionadas ao setor de viagens sofreram após os ataques.

As operadoras de cruzeiros Carnival e Royal Caribbean caíram 2,1 por cento e 2,9 por cento, respectivamente, enquanto as ações da operadora online de viagens Expedia recuou 1,8 por cento.