Pharol está satisfeita com evolução da Oi, apesar de prejuízo, diz presidente

quinta-feira, 24 de março de 2016 13:54 BRT
 

LISBOA (Reuters) - A Pharol, maior acionista da Oi, está satisfeita com a performance operacional da operadora de telecomunicações brasileira apesar do prejuízo de 4,5 bilhões de reais no quarto trimestre, disse o presidente-executivo da Pharol, Luís Palha da Silva.

"Estamos satisfeitos com a evolução dos resultados operacionais da empresa, os resultados financeiros já são conhecidos pelo nível de endividamento da empresa", disse Silva, em declarações escritas à Reuters.

No resultado de 2015, a Oi cumpriu projeção de Ebitda recorrente para as operações no Brasil entre 7 bilhões e 7,4 bilhões de reais, alcançando 7,23 bilhões de reais. Porém, a empresa resolveu não divulgar projeções para seu desempenho em 2016, afirmando que isso dá flexibilidade à operadora face à instabilidade macroeconômica atual.

(Por Daniel Alvarenga)