Cesp tem prejuízo de R$363,6 mi no 4º tri com provisão após perder usinas

quinta-feira, 24 de março de 2016 18:58 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Cesp teve prejuízo líquido de 363,6 milhões de reais no quarto trimestre, recuo de 68,3 por cento em relação à perda de um ano antes, informou a estatal paulista de energia nesta quinta-feira, com o resultado impactado principalmente por uma provisão após o fim da concessão de duas hidrelétricas.

Já o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) foi negativo em 313,7 milhões de reais no trimestre, queda de 77,3 por cento em relação ao mesmo período de 2015.

A receita operacional líquida da companhia somou 707,9 milhões de reais no trimestre, com retração de 19,8 por cento ante mesmo período de 2014.

As receitas com venda de energia caíram 39 por cento, para 667,6 milhões.

Mas o principal efeito negativo no balanço foi uma provisão de 580,8 milhões de reais, devido a uma disputa judicial com o governo federal em torno do final da concessão das usinas de Jupiá e Ilha Solteira, cujo contrato encerrou em 7 de julho.

As hidrelétricas, que somam 5 gigawatts em potência instalada, representavam 75 por cento do parque gerador da Cesp.

No balanço, a geradora afirma que entende ter direito a 1,56 bilhão como indenização por investimentos feitos nas usinas que ainda não estariam amortizados ao final do contrato.

Como o Ministério de Minas e Energia propôs indenização de 2 milhões de reais, a Cesp ajuizou ação em outubro exigindo pagamento do valor que entende correto e fez a provisão.

Apesar de prejuízo de 61,35 milhões de reais em 2015, a companhia propôs a distribuição de 41,3 milhões de reais em dividendos, correspondentes a 100 por cento do lucro ajustado.

(Por Luciano Costa)