Barbosa diz que ações do governo para estabilizar a economia dependem do Congresso

quinta-feira, 24 de março de 2016 20:15 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, disse nesta quinta-feira que o governo federal depende do Congresso Nacional para adotar medidas que busquem a estabilização da economia e retomada do crescimento.

"Todas as coisas que o governo precisa fazer nesse momento envolvem autorização do Congresso para que possamos manter alguns programas e manter alguns investimentos em uma situação em que a receita está caindo", disse Barbosa em entrevista exclusiva ao canal de televisão do governo federal NBR.

"Precisamos atuar com algumas medidas de crédito", acrescentou, sem especificar quais seriam essas medidas.

Nesta semana, o governo anunciou que enviaria ao Legislativo proposta para flexibilizar a meta fiscal, para que possa fechar o ano com um déficit primário de até 96,65 bilhões de reais. Sem essa flexibilização da meta fiscal, o governo diz que não tem condições de manter alguns investimentos e programas.

"Se o Congresso Nacional nos der os instrumentos, nós vamos estabilizar a economia ainda nesse ano", disse Barbosa, acrescentando que o desemprego pode parar de subir em meados do ano e a economia poderá crescer a partir do quarto trimestre.

(Reportagem de Natália Scalzaretto; Texto de Raquel Stenzel)