Lucro da Sabesp sobe quase 15 vezes no 4ºtrimestre; empresa quer fim de bônus

sexta-feira, 25 de março de 2016 17:47 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) teve lucro líquido de 461 milhões de reais no quatro trimestre de 2015, resultado quase 15 vezes superior ao lucro de 31,4 milhões de reais registrado no mesmo período do ano anterior, informou a empresa nesta sexta-feira.

O resultado foi beneficiado pelo aumento de 13 por cento na receita operacional líquida e melhora no resultado financeiro.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado subiu 92 por cento para 957,2 milhões de reais, ante 498,7 milhões de reais no quarto trimestre de 2014.

A receita operacional líquida da Sabesp atingiu 3,2 bilhões de reais no quatro trimestre, ante 2,8 bilhões de reais no mesmo período de 2014, beneficiada pelo reajuste tarifário de 15,2 por cento aplicado desde junho de 2015.

FIM DO BÔNUS

A companhia também anunciou no fim da noite de quinta-feira que pediu autorização para Agência Reguladora de Saneamento e Energia de São Paulo (Arsesp) para suspender a partir de primeiro de maio o bônus para quem reduziu o consumo de água, devido a crise hídrica, e a da tarifa de contingência, para aqueles que aumentaram o consumo de água.

A aplicação da tarifa de contingência gerou no ano passado como um todo uma receita bruta extra de 499,7 milhões de reais para a Sabesp, enquanto o bônus concedido para aqueles que reduziram o consumo de água gerou um impacto negativo de 926,1 milhões de reais na receita bruta, de acordo com dados divulgados pela empresa nesta sexta-feira.

  Continuação...