Em novo balanço com ressalva, BNDES tem lucro 28% menor em 2015

segunda-feira, 28 de março de 2016 18:24 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou nesta segunda-feira que teve lucro líquido de 6,2 bilhões de reais em 2015, queda de 27,9 por cento em relação a 2014, resultado afetado por perdas em participações societárias.

O balanço foi emitido com ressalva do auditor externo, a KPMG, que discordou da forma como o banco de fomento registrou no patrimônio líquido o efeito da desvalorização de ações detidas pela BNDESPar, unidade de participações do BNDES.

Segundo a KPMG, se essas baixas tivessem sido lançadas de acordo com a legislação contábil do país, o lucro do BNDES teria sido 2,7 bilhões de reais menor em 2015.

Em 2014, o auditor externo já havia feito ressalva similar.

Segundo o BNDES, o resultado das participações societárias do grupo foi negativo em 5,4 bilhões de reais, ante valor positivo de 2,865 bilhões em 2014.

Segundo o banco, o principal responsável por essa queda foi o investimento na Petrobras. Além de não ter pago dividendos e juros sobre capital próprio em 2015, a companhia teve forte queda no preço das ações em 2015, o que levou o BNDES a registrar baixa contábil (impairment) de 4,49 bilhões de reais líquido de efeitos tributários.

A rentabilidade sobre o patrimônio foi de 15,37 por cento ante 21,2 por cento em 2014.

O BNDES fechou 2015 com uma carteira de crédito total de 695,38 bilhões de reais, alta de 6,78 por cento sobre um ano antes.

(Por Aluisio Alves)