Ministro russo diz que Rosneft deve reduzir produção de petróleo

terça-feira, 29 de março de 2016 16:10 BRT
 

MOSCOU (Reuters) - A Rosneft está pronta para reduzir a produção de petróleo, disse o ministro dos Recursos Naturais da Rússia, Sergei Donskoi, nesta terça-feira, antes da reunião dos principais produtores de petróleo do mundo em Doha, no dia 17 de abril, para discutir o congelamento da produção para sustentar os fracos preços do petróleo.

Rússia, Arábia Saudita, Catar e Venezuela são essenciais para sustentar os preços do petróleo, que caíram quase dois terços desde o pico alcançado em junho de 2014. Esses países disseram que estão prontos para congelar a produção nos níveis de janeiro se outros países fizerem o mesmo.

Questionado sobre como um congelamento global da produção de petróleo afetaria a Rússia, Donskoi disse que as empresas de energia russas ajustaram seus planos de produção: "A Rosneft, como nos disse, está planejando reduzir (a produção)".

A Rosneft não quis comentar.

A Rosneft, maior produtora de petróleo da Rússia, tem produzido ao ritmo de cerca de 3,8 milhões de barris por dia (bpd), mais do que um terço do total produzido pela Rússia, de 10,88 milhões de bpd.

(Por Olesya Astakhova)