Petrobras aprova plano de desligamentos, prevê custo de R$4,4 bi e até 12 mil adesões

sexta-feira, 1 de abril de 2016 08:41 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras informou que sua diretoria executiva aprovou um Plano de Incentivo ao Desligamento Voluntário com estimativa de participação de até 12 mil empregados, o que representaria um custo para a companhia de 4,4 bilhões de reais com as demissões, segundo comunicado ao mercado nesta sexta-feira.

A petroleira afirmou que o objetivo é adequar a força de trabalho às necessidades do Plano de Negócios e Gestão, elevar a produtividade e gerar valor para a companhia, e que há um retorno esperado de 33 bilhões de reais com o plano no período 2016-2020.

(Por Luciano Costa)