Dólar sobe e vai acima de R$3,60 por cenário político, BC e exterior

sexta-feira, 1 de abril de 2016 10:43 BRT
 

Por Bruno Federowski

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar avançava acima de 3,60 reais nesta sexta-feira, em uma sessão marcada por alguma volatilidade, influenciado pelo noticiário político misto no Brasil, pela atuação do Banco Central e pelo cenário externo desfavorável.

Às 10:42, o dólar avançava 0,61 por cento, a 3,6182 reais na venda, após marcar em março a maior queda mensal em treze anos. A moeda norte-americana atingiu 3,6211 reais na máxima do dia e recuou a 3,5787 reais na mínima.

"Não dá para saber direito qual o saldo das notícias, se é positivo ou negativo. O mercado fica um pouco ao léu", disse o superintendente de câmbio da corretora Intercam, Jaime Ferreira.

Os mercados financeiros vêm reagindo positivamente a notícias que possam aumentar as chances de impeachment da presidente Dilma Rousseff e vice-versa.

Muitos operadores acreditam que eventual troca no governo poderia ajudar a colocar a economia nos eixos, mas alguns ponderam que a instabilidade política tende a afetar a confiança dos agentes econômicos.

Nesta manhã, a operação Lava Jato iniciou nova fase investigando empréstimo fraudulento de 12 milhões de reais contraído junto ao Banco Schahin supostamente direcionado ao PT.

A investigação vem um dia após dezenas de milhares protestarem em diversas cidades do país contra o impeachment de Dilma, que classificam como golpe para derrubar o governo.

Outro foco de atenção é a atuação do BC, que sinalizou na noite passada que deve rolar apenas cerca de metade do lote de swaps tradicionais, equivalentes a venda futura de dólares, que vencem em maio, menos do que os 67 por cento repostos no mês anterior.   Continuação...