Petrobras prevê pagar até R$706,6 mil a funcionário que aderir a plano de desligamento

sexta-feira, 1 de abril de 2016 12:55 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Petrobras prevê o pagamento de indenizações de cerca de 212 mil a 706,6 mil reais aos funcionários que aderirem ao Programa de Incentivo ao Desligamento Voluntário (PIDV), anunciado nesta sexta-feira, afirmou à Reuters o conselheiro representante dos funcionários, Deyvid Bacelar, citando um comunicado interno da companhia.

Para o membro do colegiado, que também é integrante da Federação Única dos Petroleiros (FUP), os cortes de cargos aprovados recentemente pela petroleira são "instrumento de pressão" para a adesão ao plano de demissões voluntárias.

(Por Marta Nogueira)