BC da Índia corta juros a menor nível desde 2011 e garante liquidez confortável aos bancos

terça-feira, 5 de abril de 2016 08:35 BRT
 

Por Suvashree Choudhury e Rafael Nam

MUMBAI (Reuters) - O banco central da Índia cortou sua taxa de juros em 0,25 ponto percentual nesta terça-feira, para 6,5 por cento, reduzindo-a ao menor nível em mais de cinco anos enquanto acena com a perspectiva de outro corte este ano se a tendência da inflação continuar benigna.

Para tornar os cortes de juros mais efetivos, o banco central indiano também adotou medidas para assegurar liquidez maior no sistema financeiro, uma vez que os bancos citaram condições apertadas como motivo para não cortar mais suas taxas de empréstimo.

Os movimentos combinados sinalizam uma nova abordagem do presidente do BC, Raghuram Rajan, que se decepcionou que o afrouxamento agressivo do banco central no ano não tenha tido o impacto esperado devido à relutância dos bancos comerciais em reduzir os juros para os tomadores de empréstimos.

Embora a taxa de juros esteja agora no menor nível desde 2011, o banco central disse que sua política monetária continua "expansionista", levantando a perspectiva de outro corte de 0,25 ponto percentual neste ano, ao afirmar que a inflação está avançando na direção de sua meta de 5 por cento em março de 2017. A próxima meta será 4,2 por cento até março de 2018.