Ações europeias recuam a mínimas de 6 semanas com preocupações sobre crescimento

terça-feira, 5 de abril de 2016 14:24 BRT
 

Por Danilo Masoni e Alistair Smout

MILÃO/LONDRES (Reuters) - As ações europeias caíram nesta terça-feira, tocando seu menor nível em quase seis semanas, com as ações de bancos, mineradoras e montadoras entre as maiores perdas após as encomendas à indústria na Alemanha recuarem inesperadamente.

O índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 teve queda de 1,85 por cento, a 1.288 pontos, seu menor nível desde 25 de fevereiro, enquanto o índice DAX da Alemanha teve desempenho ainda pior, recuando 2,6 por cento.

As encomendas à indústria da Alemanha caíram em fevereiro devido à fraca demanda externa, sugerindo que a desaceleração da economia global está deixando sua marca.

"As economias não estão em grande forma", disse o analista de investimento da Manulife Asset Management Will Hamlyn. "Há nervosismo com o início do trimestre e muita preocupação com o crescimento."

Os exportadores e outras ações expostas globalmente foram afetadas em toda a região, com o índice que reúne montadoras de veículos caindo 3,9 por cento e o de ações de mineradoras com queda de 3,7 por cento.

Os bancos também recuaram, com o índice do setor acumulando perdas de 3,4 por cento, com os bancos italianos, como o Banco Popolare e o Monte dei Paschi entre as maiores quedas.

. Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 1,19 por cento, a 6.091 pontos.

. Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 2,63 por cento, a 9.563 pontos.   Continuação...