Minério de ferro cai pressionado por aumento de estoques em portos da China

quarta-feira, 6 de abril de 2016 11:35 BRT
 

MANILA (Reuters) - O minério de ferro teve queda nos mercados de contratos futuros e à vista nesta quarta-feira na China, sob pressão de um aumento da produção que elevou os estoques nos portos chineses para o maior nível em um ano, o que pode derrubar mais os preços da matéria-prima do aço após a recuperação registrada no primeiro trimestre.

As atividades no mercado físico de minério de ferro foram limitadas, segundo os operadores, após a recente acumulação de estoques por compradores chineses de olho em uma alta sazonal na demanda por aço.

O contrato mais negociado para setembro na bolsa de Dalian fechou em queda de 0,9 por cento, para 375 iuanes (58 dólares) a tonelada. O minério de ferro para entrega imediata no porto chinês de Tianjin teve queda de 0,4 por cento, para 53,80 dólares.

As exportações de minério de ferro pelo porto australiano Hedland, maior do mundo para a commodity, subiram para um recorde de 39,5 milhões de toneladas em março, com envios para a China tendo atingido 32,59 milhões de toneladas, ante 29,14 milhões de toneladas em fevereiro.

Os estoques de minério de ferro importados nos maiores portos da China alcançavam em 97 milhões de toneladas em 1° de abril, maior nível desde o final de abril de 2015, segundo dados da consultoria SteelHome.

(Por Manolo Serapio Jr)