Ações europeias sobem puxadas por H&M e Shire

quarta-feira, 6 de abril de 2016 14:09 BRT
 

Por Danilo Masoni e Atul Prakash

LONDRES/MILÃO (Reuters) - As ações europeias fecharam em alta nesta quarta-feira após fortes quedas na sessão anterior, com o setor varejista impulsionado pela queda menor que o esperado no lucro da sueca Hennes & Mauritz.

As ações da Hennes & Mauritz, segunda maior varejista de moda do mundo, subiram 5,43 por cento, após informar que o impacto do dólar forte começou a se dissipar e deve se tornar neutro ou ligeiramente positivo, no quarto trimestre.

O índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 teve alta de 0,76 por cento, a 1.298 pontos, ajudada pelos ganhos de Wall Street, e após recuar 1,9 por cento na terça-feira.

As ações de saúde tiveram o maior ganho setorial, de 2,37 por cento, após a farmacêutica norte-americana Pfizer cancelar o acordo de aquisição de 160 bilhões de dólares da Allergan, uma vitória na luta do presidente Barack Obama de impedir evasões tributárias através de fusões corporativas.

A ação da Shire, que planeja comprar a Baxalta por meio de acordo de 32 bilhões de dólares em dinheiro e ações, o que vai torná-la uma das especialistas líderes mundiais em doenças raras, subiu 5,16 por cento.

. Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 1,16 por cento, a 6.161 pontos.

. Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,64 por cento, a 9.624 pontos.

. Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,81 por cento, a 4.284 pontos.   Continuação...