Reservas internacionais da China têm alta inesperada em março por iuan mais estável

quinta-feira, 7 de abril de 2016 11:31 BRT
 

PEQUIM/XANGAI (Reuters) - As reservas internacionais da China se recuperaram de forma inesperada em março, aumentando pela primeira vez desde novembro, uma vez que a expectativa menor de alta dos juros nos Estados Unidos aliviou a pressão sobre o iuan.

As autoridades chinesas adotaram uma série de medidas para conter o fluxo de saída provocado por preocupações com a desaceleração econômica da China e a alta de juros nos EUA, e atuaram no mercado cambial para sustentar o iuan.

As reservas internacionais da China, as maiores do mundo, subiram em 10,26 bilhões de dólares em março, para 3,21 trilhões de dólares, mostraram dados do banco central nesta quinta-feira. As reservas superaram projeção de pesquisa da Reuters de queda para 3,18 trilhões de dólares ante 3,20 trilhões em fevereiro, mas ainda estão bem abaixo do pico de 3,99 trilhões registrado em junho de 2014.

 
Bandeira nacional chinesa vista em distrito financeiro em Pequim.  21/01/2016   REUTERS/Kim Kyung-Hoon/Files