April 7, 2016 / 10:57 AM / a year ago

Impacto de saída britânica da UE pode depender em parte de negociações na OMC, diz Azevêdo

1 Min, DE LEITURA

Diretor-geral da OMC, o brasileiro Roberto Azevêdo, em Genebra. 26/11/2015Denis Balibouse

GENEBRA (Reuters) - O impacto de um referendo na Grã-Bretanha sobre a saída da União Europeia pode depender em parte das negociações britânicas com membros da Organização Mundial do Comércio (OMC), disse o chefe da entidade internacional de comércio, o brasileiro Roberto Azevêdo, em entrevista coletiva nesta quinta-feira.

"Deixar a UE terá um importante componente comercial, claramente", disse Azevêdo.

"Se isso acontecer, depende dos termos da separação, depende do relacionamento que vai permanecer entre a UE e a Grã-Bretanha, depende das negociações que a Grã-Bretanha terá com os membros da OMC para esclarecer os direitos e as obrigações nesse determinado momento".

Reportagem de Tom Miles

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below