Barbosa critica liminar do STF a favor de SC sobre pagamento de dívida

sexta-feira, 8 de abril de 2016 11:36 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, criticou nesta quinta-feira a decisão do Supremo Tribunal Federal de conceder liminar que impede sanções ao Estado de Santa Catarina por mudança no cálculo da dívida com a União.

"Vim manifestar preocupação com o possível acatamento de juros simples nas dívidas dos Estados. Essa decisão tem impacto muito grande sobre as finanças públicas", disse Barbosa após se reunir com o presidente do STF, Ricardo Lewandowski.

Barbosa explicou que, segundo cálculos preliminares do Senado, a metodologia apresentada por Santa Catarina para o pagamento da dívida significaria perdas para a União de 313 bilhões de reais.

Na quinta-feira, o STF concedeu liminar a Santa Catarina para que possa realizar o pagamento da dívida repactuada com a União acumulada de forma linear, e não capitalizada.

(Reportagem de Alonso Soto)