Exportação de diesel do Brasil em março é a maior em quase 2 anos, diz ANP

terça-feira, 12 de abril de 2016 16:45 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - As vendas externas de diesel do Brasil em março somaram 434,4 mil barris, maior volume mensal exportado desde junho de 2014, segundo dados publicados nesta terça-feira pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

O volume é 229 por cento superior ao exportado no mesmo mês do ano passado, refletindo uma grande carga enviada pela Petrobras à Argentina no terceiro mês do ano, conforme a Reuters noticiou na segunda-feira.

Ainda que a Petrobras seja uma importadora líquida de derivados de petróleo, a estatal está atenta a oportunidades de exportação, acrescentou a fonte.

Segundo uma fonte da empresa, a petroleira enviou uma carga de 377 mil barris ao vizinho sul-americano no mês passado, seguindo uma estratégia para lidar com a fraqueza do mercado interno.

A fonte da Petrobras evitou afirmar se essa exportação relativamente elevada representa uma tendência, enquanto o mercado interno está fraco e a estatal está com alto nível de utilização da sua capacidade instalada.

Com o resultado de março, houve um avanço de 89,7 por cento nas exportações de diesel do primeiro trimestre, ante o mesmo período do ano passado, para 453,3 mil barris.

As vendas externas de gasolina do Brasil também apresentaram avanço em março para 60.501 barris, alta de 44 por cento ante o mesmo período do ano passado.

Já as importações de diesel do Brasil somaram 5,9 milhões de barris em março, alta de 9,6 por cento ante o mesmo mês de 2015, enquanto as compras externas de gasolina somaram 2 milhões de barris, avanço de 7,4 por cento na mesma comparação.

  Continuação...