Importação de soja pela China atinge 6,1 mi t em março em recorde para o mês

quarta-feira, 13 de abril de 2016 14:24 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - As importações de soja pela China em março subiram para 6,1 milhões de toneladas, estabelecendo um recorde para o terceiro mês do ano, em um momento de boas margens na criação de suínos e de grande oferta de soja recém colhida na América do Sul.

As importações da China, que abocanha 60 por cento de toda a soja negociada no mercado global, subiram 35,3 por cento ante os 4,51 milhões de toneladas de fevereiro, segundo dados da autoridade alfandegária da China divulgados nesta quarta-feira.

"Estamos vendo uma forte demanda por importações e os números estão dentro da expectativa à medida que nova oferta do Brasil está chegando ao mercado", disse o economista agrícola sênior do ANZ Bank, Paul Deane, em Melbourne.

"As margens para engorda de suínos estão bastante fortes (na China). Há uma forte demanda por farelo de soja, que deverá continuar."

Os contratos futuros da soja em Chicago tocaram uma máxima de oito meses após a divulgação dos dados, e operavam em alta de mais de 1 por cento às 14:23 (horário de Brasília), impulsionados também por compras de fundos e por preocupações com chuvas excessivas nas lavouras da Argentina.

A China havia comprado 4,49 milhões de toneladas de soja em março do ano passado. O recorde para o mês havia sido registrado em 2012, com 4,826 milhões de toneladas.