ANP estuda ampliar prazo para exploração e produção de campos devido a preço baixo

quinta-feira, 14 de abril de 2016 12:58 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) estuda flexibilizar exigências de prazos de exploração e produção de campos de petróleo da Rodada Zero e das rodadas de licitação de 1 a 10, devido ao atual cenário desfavorável de preços, afirmou nesta quinta-feira a diretora-geral da autarquia, Magda Chambriard.

A ANP também acredita que a revisão de estudos sobre a cessão onerosa deve demorar mais seis meses, afirmou Magda, que participou de evento de posse do novo diretor da ANP Aurélio Amaral.  

No mesmo evento, o secretário de petróleo e gás do Ministério de Minas e Energia, Marco Antônio Almeida, afirmou que o bônus de 15 bilhões de reais a ser cobrado da Petrobras para a exploração de excedentes na área da cessão onerosa poderá ser revisto.

(Por Marta Nogueira e Jeb Blount)