Minério de ferro e aço têm queda na China após máximas de vários meses

sexta-feira, 15 de abril de 2016 09:16 BRT
 

MANILA (Reuters) - Os contratos futuros do minério de ferro e do aço na China tiveram queda nesta sexta-feira, afastando-se das máximas de vários meses registradas no início da semana, quando o mercado observou sinais de uma recuperação na demanda no maior consumidor do mundo.

O minério de ferro para setembro na bolsa de Dalian fechou em queda de 3,3 por cento, a 408,50 iuanes (63 dólares) a tonelada. O contrato havia tocado uma máxima de 17 meses de 432 iuanes na quinta-feira.

Já o minério de ferro no mercado à vista caiu 1,1 dólar nesta sexta-feira, a 57,50 dólares por tonelada, mas acumula alta de 8 por cento em relação à última sexta-feira.

Na bolsa de Xangai, o vergalhão de aço para outubro caiu 2,1 por cento, para 2.300 iuanes por tonelada. O contrato havia subido para um pico de 11 meses de 2.435 iuanes na quarta-feira.

"A expectativa era de que a demanda por aço ficasse menor, tendo em vista que os usuários finais de aço acumularam estoques suficientes para algum tempo e estão esperando que os preços do aço caiam antes de voltarem ao mercado", afirmou o Commonwealth Bank of Australia, em nota.

(Por Manolo Serapio Jr)