Morgan Stanley tem queda de mais de 50% no lucro trimestral

segunda-feira, 18 de abril de 2016 09:12 BRT
 

(Reuters) - O Morgan Stanley divulgou nesta segunda-feira queda de mais de 50 por cento no lucro trimestral, com recuo em receitas de corretagem e de banco de investimento em um ambiente de alta volatilidade no início do ano.

O banco norte-americano, porém, superou as expectativas do mercado, o que fazia suas ações subirem antes da abertura.

O lucro atribuível a dententores de ações ordinárias caiu 54,4 por cento no trimestre, para 1,06 bilhão de dólares, ou 0,55 dólar por ação, ante 2,31 bilhões, ou 1,18 dólar por papel, no mesmo período do ano passado. Excluindo um ajuste contábil, o lucro também foi de 0,55 dólar por ação.

Analistas, em média, esperavam lucro de 0,46 dólar por papel para o Morgan Stanley, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

Todos os maiores bancos dos Estados Unidos que divulgaram resultados para o primeiro trimestre mostraram queda na receita com banco de investimento e corretagem.

O Goldman Sachs, rival do Morgan Stanley, encerra a temporada de divulgação de resultados do setor na terça-feira.

"Este trimestre foi caracterizado por condições desafiadoras e atividade contida de clientes", disse o presidente-executivo do Morgan Stanley, James Gorman, em comunicado. "Apesar de vermos alguns sinais de recuperação do mercado, incertezas globais continuam a pesar sobre a atividade dos investidores", acrescentou.

A receita ajustada com negócios com renda fixa e commodities caiu 54,1 por cento, para 873 milhões de dólares no trimestre, enquanto a receita com corretagem de ações recuou 9,3 por cento, para 2,06 bilhões de dólares. Já a receita com gestão de fortunas caiu 4,3 por cento, para 3,67 bilhões de dólares, segundo o Morgan Stanley.

(Por Richa Naidu)