Preços do petróleo recuam após fracasso de acordo para congelamento de produção

segunda-feira, 18 de abril de 2016 09:43 BRT
 

Por Libby George

LONDRES (Reuters) - Os preços do petróleo recuavam nesta segunda-feira após a reunião entre os principais países produtores sobre uma proposta de congelamento da produção fracassar, deixando o mercado às voltas com excesso de petróleo indesejado.

Dezoito países exportadores, incluindo a Rússia, que não faz parte da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), reuniram-se na capital do Catar, Doha, para um encontro que poderia resultar em acordo para estabilizar a produção aos níveis de janeiro até outubro de 2016.

Mas o acordo ruiu quando o peso pesado da Opep, a Arábia Saudita, demandou que o Irã se juntasse ao acordo, apesar das repetidas afirmações do país de que só o faria quando atingisse os níveis de produção anteriores às sanções.

Os futuros do petróleo tipo Brent chegaram a cair quase 7 por cento no começo das negociações. Por volta das 9:40 (horário de Brasília), o barril era negociado em queda de 3,3 por cento, a 41,66 dólares.

Já o petróleo nos Estados Unidos caía 3,5 por cento a 38,93 dólares o barril, depois atingir 37,61 dólares o barril mais cedo.

(Reportagem adicional por Henning Gloystein em Cingapura)