Rosengren, do Fed, critica novamente pessimismo dos mercados

terça-feira, 19 de abril de 2016 07:22 BRT
 

Por Jonathan Spicer

NEW BRITAIN, EUA (Reuters) - O Federal Reserve deve elevar os juros mais rapidamente do que investidores atualmente esperam, disse na segunda-feira o presidente da regional de Boston do banco central norte-americano, Eric Rosengren, novamente atacando o que ele disse ser uma visão pessimista demais dos investidores sobre a economia e a política monetária dos Estados Unidos.

Foi a segunda vez em duas semanas que Rosengren advertiu que os mercados futuros, que veem apenas um aumento modesto em cada um dos próximos anos, estão errados. Ele disse que a inflação está agora "muito mais próxima" da meta do Fed, minimizou o crescimento fraco no primeiro trimestre e disse que a economia está "fundamentalmente sólida".

As declarações sugerem que mesmo a ala "dovish" do Fed está desconfortável com o profundo ceticismo nos mercados financeiros sobre a possibilidade de o banco central cumprir o ciclo de aperto monetário que planeja, face à desaceleração econômica no exterior e à fraqueza na demanda global.

"Embora eu acredite que aumentos de juros graduais sejam absolutamente apropriados, não vejo riscos tão elevados, nem a perspectiva tão pessimista, para justificar a trajetória excessivamente lenta de aumentos de juros atualmente refletida nos mercados futuros", disse Rosengren, que tem poder de voto neste ano e está entre os membros do comitê que tipicamente prefere juros mais baixos.