Ganhos excessivos do iene podem afetar tendência da inflação, diz presidente do BC do Japão

terça-feira, 19 de abril de 2016 07:24 BRT
 

Por Kaori Kaneko e Stanley White

TÓQUIO (Reuters) - O presidente do Banco do Japão, Haruhiko Kuroda, disse que a inflação pode ser afetada se o iene continuar a subir excessivamente, levando a medidas de afrouxamento adicionais para cumprir a meta do banco central, noticiou o Wall Street Journal nesta terça-feira.

Kuroda também disse ao jornal que o banco central não mira a taxa de câmbio, mas continuará monitorando os movimentos do iene.

As declarações de Kuroda sobre como o iene pode afetar a inflação e a política monetária são as mais explícitas desde que a moeda japonesa começou a subir contra o dólar neste ano e pode alimentar especulações de afrouxamento da política monetária na reunião do Banco do Japão da semana que vem.

"Se a apreciação excessiva continuar, isso pode afetar não só a inflação observada, mas também a tendência da inflação por meio de seu impacto na confiança empresarial, atividade empresarial e até por meio das expectativas de inflação", disse Kuroda ao jornal em entrevista no fim de semana.