S&P 500 se aproxima de recorde com avanço das divulgações de resultados trimestrais

terça-feira, 19 de abril de 2016 18:09 BRT
 

Por Noel Randewich

(Reuters) - O índice S&P 500 avançou para perto da máxima histórica nesta terça-feira, impulsionado por ações do setor de energia e pelo sólido resultado trimestral da Johnson & Johnson.

O S&P 500 subiu 0,31 por cento, a 2.100 pontos, enquanto o índice Dow Jones teve alta de 0,27 por cento, a 18.053 pontos.

O Nasdaq caiu 0,4 por cento, para 4.940 pontos, prejudicado por uma queda de 23,16 por cento nas ações da Illumina após seus resultados preliminares ficarem abaixo das expectativas.

Após ter tocado terreno negativo e depois se recuperar, o S&P 500 encerrou a menos de 2 por cento do fechamento recorde, registrado em maio, com investidores focados no crescente fluxo de balanços do primeiro trimestre.

As ações da Chevron e de outras empresas de energia foram impulsionadas pelo rali nos preços do petróleo após uma greve de trabalhadores de petrolíferas no Kweit diminuir a produção no país.

Uma recente recuperação no petróleo e sinais de que a economia dos Estados Unidos está se recuperando lentamente ajudaram o mercado acionário a disparar após vendas generalizadas no início do ano que pressionaram o S&P 500 a uma queda acumulada de 10,5 por cento.

As ações da Johnson & Johnson subiram 1,57 por cento, após a empresa divulgar um crescimento marginal nas vendas trimestrais. O papel teve a maior influência positiva no S&P 500.