China vai lançar medidas de apoio às exportações para ajudar economia

quarta-feira, 20 de abril de 2016 12:15 BRT
 

Por Kevin Yao

PEQUIM (Reuters) - A China vai implementar medidas para impulsionar as exportações, incluindo encorajar bancos a aumentar os empréstimos, expandindo o seguro de crédito à exportação e elevando as desonerações tributárias de algumas empresas, disse o governo nesta quarta-feira, na mais recente ação para sustentar o crescimento.

"O comércio internacional é tanto uma parte importante quanto uma força motriz da economia nacional", disse o Conselho de Estado em comunicado após uma reunião com o primeiro-ministro, Li Keqiang.

Os bancos serão encorajados a emprestar a companhias comerciais rentáveis que tenham recebido encomendas internacionais, o seguro de crédito à exportação será expandido e as desonerações tributárias de alguns produtos de maquinário serão elevadas, disse o comunicado.

Em março, as exportações chinesas voltaram a crescer, pela primeira vez em nove meses, se juntando a outros sinais de estabilização da segunda maior economia do mundo, mas autoridades foram cautelosas sobre a perspectiva do comércio.

O governo também implementará políticas proativas de importação, apoiando as importações de equipamentos e tecnologia avançadas.