Bovespa fecha em leve queda com cautela ante safra de resultados e desdobramentos políticos

quarta-feira, 20 de abril de 2016 17:53 BRT
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa fechou em leve queda nesta quarta-feira, com avanço expressivo das ações de mineração e siderurgia compensado pelo recuo dos papéis do Itaú Unibanco, em sessão ainda marcada por cautela com a safra de balanços e a cena política.

O Ibovespa caiu 0,15 por cento, a 53.630 pontos.

O volume financeiro somou 7,53 bilhões de reais, abaixo da média diária de abril, de 8,9 bilhões de reais.

O Ibovespa chegou a subir 0,3 por cento na máxima da sessão à tarde, na esteira de Wall Street e da melhora dos preços do petróleo, após ter recuado 1 por cento pela manhã, no pior momento.

Na última hora de pregão, porém, pesaram a perda de fôlego nos pregões em Nova York e posições mais conservadoras ante a temporada de resultados corporativos do primeiro trimestre no Brasil e dúvidas sobre os novos desdobramentos no plano político doméstico.

Na visão do analista Vitor Junji Suzaki, da Lerosa Corretores de Valores, os resultados trimestrais devem continuar mostrando perspectivas negativas para as empresas brasileiras, devido à deterioração econômica.

"Poucas empresas devem conseguir auferir bons resultados corporativos na temporada do primeiro trimestre de 2016", disse.

Após a frustração com os números do último trimestre, analistas não descartam novas revisões das estimativas para o ano, em meio à debilidade econômica e o ambiente político conturbado.   Continuação...