Wall St fecha no vermelho em meio a resultados corporativos

quinta-feira, 21 de abril de 2016 18:05 BRT
 

Por Noel Randewich

(Reuters) - Wall Street sofreu a primeira perda em quatro sessões nesta quinta-feira, após uma safra mista de resultados corporativos trimestrais e alerta da Verizon Communications de que uma greve de trabalhadores deve afetar seu lucro.

O índice Dow Jones caiu 0,63 por cento, para 17.982 pontos e o S&P 500 teve queda de 0,52 por cento, a 2.091 pontos. O Nasdaq fechou com variação negativa de 0,05 por cento, a 4.945 pontos.

O índice de referência S&P 500 avançou nos últimos dias amparado em um dólar mais fraco e na recuperação dos preços do petróleo. Mas investidores tiveram pouca paciência com os balanços trimestrais que frustraram expectativas já baixas.

"Os lucros têm sido decentes, superando projeções, mas superando expectativas que já tinham sido drasticamente reduzidas", disse Charlie Johnson, operador da corretora Greentree na Filadélfia.

Os preços do petróleo recuaram, mas seguiram perto das máximas em cinco meses, conforme a Agência Internacional de Energia disse que 2016 veria a maior queda na produção de países não-membros da Opep em 25 anos.

Nove dos 10 principais setores do S&P recuaram, com o índice das companhias de telecomunicações em baixa de 2,7 por cento, pressionado principalmente pela Verizon.

As ações da Verizon caíram mais de 3 por cento, após a empresa de telecomunicações afirmar que uma greve de seus funcionários provavelmente afetará os lucros neste trimestre.