American Airlines vê longo caminho para impulsionar receita de unidade; ações caem

sexta-feira, 22 de abril de 2016 17:09 BRT
 

(Reuters) - A American Airlines frustrou estimativas de Wall Street para melhora de receita neste ano, o que fez as ações da maior companhia aérea do mundo caírem 5 por cento nesta sexta-feira.

A American disse ver mais turbulência em frente, devido a uma elevação nos voos das rivais ao redor do Atlântico e preços mais baixos para passagens reservadas de última hora.

A receita de passageiros dividida por assentos em aviões e milhagem - deve cair entre 6 por cento e 8 por cento no segundo trimestre, disse a companhia.

Os movimentos para frear a queda, que já duram meses, não terão um grande impacto até 2017, disse o presidente da American, Scott Kirby, numa conferência com analistas.

A empresa reduziu planos de crescimento internacional para impulsionar a receita da unidade e no fim desde ano começará a vender tarifas mais baratas para combater rivais.

O lucro da companhia aérea caiu cerca de 25 por cento para 700 milhões de dólares, no primeiro trimestre sobre um ano antes, em parte devido a impactos tributários adicionais. Excluindo itens especiais, a empresa lucrou 1,25 dólar por ação, acima da estimativa média dos analistas de 1,19 dólar por ação, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

(Por Jeffrey Dastin)