Bovespa recua pelo 3º pregão seguido com commodities e cena corporativa no radar

segunda-feira, 25 de abril de 2016 17:39 BRT
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa fechou com o seu principal índice em queda pelo terceiro pregão seguido nesta segunda-feira, na esteira do quadro externo desfavorável, particularmente o recuo dos preços das commodities.

Com agentes financeiros no aguardo de novos desdobramentos políticos, o noticiário corporativo local também repercutiu, com destaque para o resultado de Usiminas e o acordo para reestruturação de dívida da Oi.

O Ibovespa caiu 1,98 por cento, a 51.862 pontos.

O volume financeiro somou 5,77 bilhões de reais

Do front político, agentes financeiros repercutiram movimentos do fim de semana ligados a uma eventual nova equipe econômica caso a presidente Dilma Rousseff seja afastada pelo Senado Federal.

Entre os nomes que ganharam força nos últimos dias para integrar a equipe econômica de um eventual governo do vice-presidente Michel Temer, estão o do ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles e do senador José Serra (PSDB-SP).

No exterior, os pregões em Wall Street também refletiram alguma cautela antes da reunião do Federal Reserve (FED) nesta semana. A previsão é de manutenção dos juros, mas não se descarta ajustes no comunicado.

  Continuação...