Commodities ajudam e Bovespa sobe 2,35%, com cena política e balanços no radar

terça-feira, 26 de abril de 2016 17:52 BRT
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa fechou em alta nesta terça-feira, após três quedas seguidas, amparado no cenário externo, particularmente o avanço de commodities, com agentes financeiros ainda especulando sobre uma eventual nova equipe econômica.

O noticiário corporativo também repercutiu no pregão, com destaque para a alta de 7 por cento de Localiza após resultado acima do esperado.

O Ibovespa subiu 2,35 por cento, a 53.082 pontos.

O volume financeiro somou 6,3 bilhões de reais.

Na visão de profissionais da área de renda variável, o movimento das commodities, em particular a alta dos preços do petróleo, foi o principal suporte para os ganhos no Brasil, apesar da relativa fraqueza em Wall Street.

A cautela antes da decisão de política monetária do Federal Reserve prevaleceu nas bolsas em Nova York, mas o petróleo encontrou suporte no dólar mais fraco e acompanhou um rali no mercado da gasolina.

A melhora na Bovespa ocorreu após um movimento de realização de lucros em quatro de cinco pregões, após a Câmara dos Deputados ter aprovado no dia 17 de abril o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

A recuperação foi endossada por novas indicações que o ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles deve voltar ao governo em uma eventual gestão do vice-presidente Michel Temer, caso o Senado aprove o afastamento da presidente Dilma por até 180 dias.   Continuação...