América Móvil tem lucro menor no 1o trimestre pressionada por México e Brasil

quarta-feira, 27 de abril de 2016 20:45 BRT
 

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - A América Móvil (AMXL.MX: Cotações) divulgou nesta quarta-feira queda de 42 por cento no lucro líquido do primeiro trimestre sobre o mesmo período do ano passado, atingida por receita menor no México e recessão no Brasil.

O lucro de 4,798 bilhões de pesos (278 milhões de dólares) ficou abaixo dos 15,328 bilhões de pesos esperados pela média de expectativas de analistas consultados pela Reuters.

O lucro no México caiu no primeiro trimestre por conta de receitas menores com telefonia móvel e fixa, pagamentos feitos à companhia de torres de telecomunicações Telesites SITESAA.MX e desvalorização do peso mexicano.

A receita da companhia, que no Brasil opera sob a marca Claro, ficou praticamente em linha com as expectativas do mercado, subindo 1 por cento, para cerca de 223 bilhões de pesos.

No Brasil, segundo maior mercado da companhia, a base de telefonia móvel recuou em mais de 6 milhões de linhas e a receita caiu.

(Por Christine Murray)