Klabin lucra R$1,1 bi no 1º tri com maiores vendas e resultado financeiro

quinta-feira, 28 de abril de 2016 11:33 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Klabin teve lucro líquido de 1,074 bilhão de reais no primeiro trimestre, revertendo prejuízo de 729 milhões de reais um ano antes, impulsionado por aumento nas vendas e melhora no resultado financeiro, informou a fabricante de papel e celulose nesta quinta-feira.

A empresa foi favorecida por impacto de 1,08 bilhão de reais proveniente das variações cambiais na dívida moeda estrangeira.

A companhia, que iniciou a fabricação de celulose em março, teve lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado de 512 milhões de reais, alta de 11 por cento ante os primeiros três meses de 2015.

O volume de vendas ficou em 455 mil toneladas, aumento de 4 por cento ano a ano, por conta dos aumentos de capacidade de produção de papéis ao longo de 2015. Sobre o trimestre imediatamente anterior houve baixa de 9 por cento.

As primeiras vendas da nova unidade, capaz de produzir celulose de fibra curta, fibra longa e fluff, ocorreram ao longo de abril. Assim, o resultado não incorpora nenhum volume de vendas de celulose.

A receita líquida subiu 12 por cento contra os primeiros três meses do ano passado e caiu 8 por cento na comparação trimestral, a 1,46 bilhão de reais.

A receita das vendas ao mercado externo subiu 32 por cento, a 517 milhões de reais, enquanto a do mercado interno avançou 3 por cento, a 946 milhões, sobre os três primeiros meses de 2015.

A companhia elevou a participação das vendas ao mercado externo para 35 por cento da receita total, ante 30 por cento um ano antes, beneficiando-se do maior câmbio médio no período.

O endividamento líquido ficou em 12 bilhões de reais, com a relação sobre Ebitda em reais caindo para 5,9 vezes, ante 6,3 vezes no fim do ano passado.

(Por Priscila Jordão)