Pagamento de dívidas dos Estados com juros simples teve impacto de R$2,5 bi em abril, diz Ladeira

quinta-feira, 28 de abril de 2016 15:22 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O secretário do Tesouro, Otavio Ladeira, afirmou nesta quinta-feira que o pagamento das dívidas dos Estados corrigidas por juros simples teve um impacto para a União de 2,5 bilhões de reais em abril, e que o governo está calculando qual será o impacto em maio e junho após o Supremo Tribunal Federal (STF) ter mantido essa possibilidade de cálculo ao suspender o julgamento das ações por 60 dias.

Segundo Ladeira, isso implica potencial impacto fiscal para os Estados, já que os entes passarão a ter mais recursos disponíveis, potencialmente aplicando-os para pagar despesas primárias, como salários.

Questionado sobre possível reajuste do Bolsa Família, ele afirmou que o Orçamento de 2016 prevê espaço para incremento de até 1 bilhão de reais na verba do programa, mas que o Ministério da Fazenda "entende que o espaço fiscal atual não permite essa ampliação e que, portanto, esse assunto deverá ficar para quando a nova meta for aprovada".

(Por Marcela Ayres)