Acionistas da Petrobras aprovam manutenção de maioria dos membros no Conselho

sexta-feira, 29 de abril de 2016 09:21 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Assembleia de acionistas da Petrobras aprovou na quinta-feira Luiz Nelson Guedes de Carvalho, economista e contador, para seguir na presidência do Conselho de Administração da estatal, conforme indicação do controlador, o governo federal.

Acionistas também aprovaram outros nomes indicados pelo governo, como Aldemir Bendine, presidente-executivo da Petrobras, numa assembleia que manteve a maioria dos conselheiros, segundo ata divulgada na noite de quinta-feira.

Luciano Coutinho, presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, e o engenheiro civil Segen Estefen, também indicados pelo governo, continuarão no colegiado, segundo decisão da assembleia.

Os acionistas da Petrobras aprovaram Guilherme Ferreira e Walter Mendes de Oliveira Filho para representarem minoritários no Conselho. Ambos também já estavam no colegiado.

A assembleia de acionistas da Petrobras aprovou ainda as nomeações de Petros Papathanasiadis, Durval José Santos e Jerônimo Antunes, os três indicados pelo governo.

Betânia Coutinho, eleita pelos funcionários da Petrobras para representá-los no Conselho, foi chancelada pelos acionistas.

O prazo de gestão dos novos membros do conselho é de dois anos.

A assembleia aprovou ainda uma reforma de estatuto social da empresa, com um novo modelo de governança.

(Por Roberto Samora)

 
Prédio-sede da Petrobras no Rio de Janeiro. 21/03/2016. REUTERS/Sergio Moraes