França vê economia crescer a partir dos consumidores e investimento das empresas

sexta-feira, 29 de abril de 2016 09:03 BRT
 

Por Michel Rose

PARIS (Reuters) - O crescimento econômico da França acelerou mais do que o esperado no começo do ano com o maior aumento dos gastos do consumidor desde 2004 e com a retomada do investimento empresarial.

A economia francesa cresceu 0,5 por cento no primeiro trimestre, superando até a mais otimista projeção em pesquisa da Reuters, com os consumidores comprando roupas, carros e equipamentos domésticos, disse a agência nacional de estatísticas INSEE em estimativa preliminar do Produto Interno Bruto (PIB) nesta sexta-feira.

Os gastos subiram 1,2 por cento nos três meses, com gastos maiores com aquecimento após um final ameno de 2015 também oferecendo um impulso e compensando o impacto da desaceleração global que prejudicou as exportações.

Se os consumidores lideraram no trimestre, economistas se animaram particularmente com o aumento de 1,6 por cento no investimento empresarial, o mais forte em cinco anos. Os investimentos por companhias no setor industrial saltaram 3,3 por cento, o maior desde 2006.