Embraer reverte prejuízo para lucro no 1º tri, mas margens recuam

sexta-feira, 29 de abril de 2016 09:32 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Embraer teve lucro líquido atribuído aos acionistas de 385,7 milhões de reais no primeiro trimestre, revertendo prejuízo de um ano antes, mas em resultado marcado pelo recuo de margens, informou nesta sexta-feira.

No primeiro trimestre de 2015, a Embraer havia registrado prejuízo líquido de 196,1 milhões de reais.

A empresa, terceira maior fabricante de aviões comerciais do mundo, teve entregas mais fortes sobre um ano antes e foi ajudada nos resultados por um crédito de imposto de renda e contribuição social sobre itens não monetários.

Em dólares, a Embraer teve lucro líquido de 104 milhões, acima de previsão média de 60 milhões de dólares em pesquisa da Reuters.

A receita líquida ficou em 5,05 bilhões de reais, alta de 64,6 por cento ante o primeiro trimestre do ano anterior, impulsionada por maior número total de entregas.

De janeiro a março, a Embraer entregou 21 aeronaves comerciais e 23 executivas, ante 20 aeronaves comerciais e 12 executivas um ano antes.

Contudo, a alta nas entregas foi impulsionada principalmente pelo Legacy 650, modelo executivo menos rentável.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) da fabricante de aeronaves somou 643,8 milhões de reais nos três primeiros meses do ano, alta de 50 por cento na comparação anual.

A margem Ebitda recuou para 12,8 por cento, ante 14 por cento um ano antes, enquanto a margem bruta caiu para 20 por cento, ante 23,4 por cento, em meio à queda na rentabilidade do segmento de aviação executiva.

(Por Priscila Jordão e Brad Haynes)