Após reunião com Temer, Meirelles diz que é preciso reverter trajetória da dívida

segunda-feira, 2 de maio de 2016 20:34 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles, nome mais cotado para comandar o Ministério da Fazenda num provável governo Temer, disse nesta segunda-feira que é preciso reverter a trajetória da dívida pública e ter claro o que é preciso fazer para o país sair do atual ciclo econômico negativo.

Falando a jornalistas após reunião com o vice-presidente Michel Temer, Meirelles afirmou que não foram tratadas medidas específicas, uma vez que se aguarda a decisão do Senado sobre o afastamento da presidente Dilma Rousseff.

(Reportagem de Cesar Raizer,)